quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Como consegues garota?...

Explica-me esse nervosismo que me dar ao te ver, essa tremedeira que eu tenho quando chegas perto de mim, me explica porque meu coração parece explodir de tanto bater ao pensar em ti, essa vontade de te ter, me explica como consegue me fazer rir só com um gesto, como consegue iluminar meu dia com um sorriso, como consegue me deixar sem dormir e me fazer pensar em ti a noite toda.

Explica-me o porquê eu me esqueço do mundo perto de você, como consegue me fazer ficar todo arrepiado só com o toque seu, como me faz ficar ansioso pra te ver, como faz para que eu não me sinta tão eu sentindo-me tão seu quando estou com você.

Explica-me como do nada consegue fazer minha tristeza se tornar alegria, como consegue transformar meus dias de cinza em dias cheio de cor, como transforma a minha dor em um motivo de sorrir, me desculpa garota mais se não fores feiticeira, eu morro de amor por ti.


Autoria: JuniorPoltergeist.


Desculpem minha ausência, ferias e tiver alguns problemas, mais voltei e vou continuar a postar (:

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Demora

Demorei em acreditar
Que os teus sentimentos
Eram verdadeiros
E perdi a última esperança
De tocar a tua sombra

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

MEDO DO FUTURO


Não é possível alterar o passado, tudo que fizemos, nossas escolhas certas ou erradas, os fracassos, os sucessos, as dores que nos queimaram o peito. Talvez se pudéssemos voltar, faríamos exatamente a mesma coisa. Não há como saber.
Naquela época éramos pessoas diferentes, afinal era um outro tempo.
O que realmente importa é como olhamos para nosso passado, se as lembranças nos impedem de seguir em frente, aí sim temos um problema. Afinal, cada um de nós tem uma história e, na maioria das vezes só nós mesmos a conhecemos. Nosso passado não determina nosso futuro, mas sim as escolhas que fazemos hoje.
O que precisamos é lutar para não cometer os mesmos erros. É imprescindível nos perdoarmos, aceitar que há coisas que não podemos mudar, ficaram lá atrás, apesar de ainda terem consequências em nosso presente, não podem determiná-lo.
Nosso momento é agora, em nossa vida não cabem ensaios, e jamais sabemos quanto tempo ainda temos pela frente.
Na verdade quando ficamos presos ao nosso passado, não é que tenhamos medo do futuro, mas sim das escolhas que estamos fazendo agora.
Tive muito medo de errar, carreguei culpas reais e imaginárias, me cobrei demais, não conseguia me livrar do peso do passado, tinha tanta insegurança que preferia não tentar, assim me tornei apenas uma observadora da minha própria vida. Foi um tempo perdido e principalmente dolorido.
Às vezes, tenho recaídas, um medo grande do futuro me invade, tornando meu estômago revirado e minhas mãos suadas e frias. Acho que com todo mundo é assim.
Respiro profundamente e olho para frente, com a certeza de que o amor me guia, se errar, cair, me machucar, tentei. 
Então, sigo em frente, carregando um sorriso no rosto e um friozinho bem escondido no estômago.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Esperança

O rosto que me perturba
Os olhos míopes
Oculos escuros
Esperança recuperada
Do nada

De novo
Pra ser feliz

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Mágoa

Nenhuma mágoa
Pode me afastar
Do teu doce
Arrependimento
Onde tem perdão
Não tem lamento


Tatuagem


http://tatuagemtribal.blogspot.com