sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Eu não precisei de ciência, não precisei de religião, não precisei de teorias nem de ficção, apenas o silêncio de teu olhar, o brilho de teu sorriso, o toque em tua pele, o sabor de teu beijo, foram o suficiente pra eu descobrir que eu fiz a maior descoberta do mundo, e essa descoberta não vou compartilhar com ninguém, um tipo de descoberta que não me traz dinheiro nem fama, porque a felicidade que vejo em teu sorriso a beleza que vejo em tua face é o suficiente para me trazer a felicidade que dinheiro nenhum compraria com tempo nenhum de fama.


Autor: JuniorPoltergeist 

Perfeição é o encontro de dois olhares formando um sentimento, unindo dois corpos em um, dando a capacidade de um ser da sua vida por outro, fazendo com o que o valor de uma pessoa aumente infinitamente e seja extremamente desejada sentimentalmente, Perfeição é onde o rostinho o corpinho lindo, são os mínimos detalhes, na verdade não são nem detalhes, onde a conversação entre os olhares são capazes de parar uma guerra. Perfeição é o agir de um sentimento capaz de mobiliza o corpo inteiro mentalmente e fisicamente, dominando um ser por um longo período, período considerado "Pra sempre" que na maioria das vezes acaba sem nem perceber, período que quando dura pre sempre deixa a almenta a perfeição da coisa. 


Autor: JuniorPoltergeist

2 comentários:

Bixudipé disse...

Que "perfeição" mais bela!

Adorei o texto!

Abração,

Rodrigo Davel

Janaina Cruz disse...

Encontramos tantas respostas no ser amado, tantas que não é difícil torná lo o melhor centro de nosso universo...

Amei o blog, sigo o.

Abraços e ótima semana