quinta-feira, 26 de maio de 2011

A AMAZONIA CHORA!!


Peça feita em torno, com ajuda do meu prof. Flavio. Na pintura usei dois esmaltes, sendo que um deles era de efeito. Queimei em alta temperatura, 1.200 graus.

imagem do desmatamento



A vida e a natureza sempre à mercê da poluição
se invertem as estações do ano
faz calor no inverno e frio no verão.

Os peixes morrendo nos rios
estão se extinguindo espécies animais
e tudo que se planta, colhe
o tempo retribui o mal que a gente faz

Onde a chuva caía quase todo dia
já não chove nada.
O sol abrasador rachando o leito dos rios secos
sem um pingo d'água
.
Quanto ao futuro inseguro
será assim de Norte a Sul
a Terra nua semelhante à Lua
O que será desse planeta azul?
O que será desse planeta azul?

O rio que desse as encostas já quase sem vida
parece que chora um triste lamento das águas
ao ver devastada , a fauna e a flora.

É TEMPO DE PENSAR NO VERDE
REGAR A SEMENTE QUE AINDA NÃO NASCEU!
DEIXAR EM PAZ A AMAZONIA, PRESERVAR A VIDA
ESTAR DE BEM COM DEUS!

Planeta Azul – Xororó/Aldemir


Para quem não me conhece sou Ma Ferreira. Ma para os amigos. Sou pedagoga por formação e ceramista de coração. Mãe, esposa, amiga, mulher e outras tantas...Cada peça aqui postada leva um pouco de mim.
Da minha energia, da minha vontade de fazer o belo. Eu li hj esta frase: para se ver o belo, tem que se exercitar o olhar. Eu digo: para se admirar o belo, tem que carrega-lo dentro de si.
Quero neste espaço compartilhar com vocês um pouco da minha arte, do meu amor pela cerâmica e da minha crença que somos a mudança que queremos no mundo.
Sou uma pessoa positiva. Creio que somos todos interligados, com a natureza e com uma fonte de energia inesgotável. Deus. É no silencio que ele nos escuta.



MEU POST DIZ SOBRE UM AMOR ADORMECIDO. O AMOR PELA NATUREZA E PELA AMAZONIA.


O intuito da minha postagem, e mostrar a minha arte é fazer um alerta sobre o desmatamento na Floresta Amazônica.
O desmatamento vem de muito longe, desde a época do descobrimento, onde se levavam o pau Brasil e madeiras nobres para fora de nosso pais

De lá para cá a gancancia do homem só fez agravar-se mais e mais a situação. Desmatamentos, provocados, queimadas, crimes ambientais enfim..

A FLORESTA ESTA SE DILUINDO.. A FLORESTA ESTA CHORANDO E PEDINDO SOCORRO.

Muito se fala em desenvolvimento sustentado..mas de sustentado só vemos a ganância do ser humano.

Mas creio que conscientização está chegando. O homem sempre aprende, ou pelo amor, ou pela dor.
Pelo que estamos presenciando, acho que estamos aprendendo pela dor.

É por amor que escrevo este alerta.


Ma Ferreira

38 comentários:

VINO MORAIS - ARTISTA PLASTICO disse...

AS PEÇAS SÃO MAGNIFICAS, A MA NOS SURPRENDE A CADA UMA...SOBRE A AMAZONIA DIGO SEMPRE QUE ELA É O PULMÃO DO NOSSO PLANETA E TODO O ESFORÇO PARA A PRESERVAR COMO O ALERTA DESTA POSTAGEM É UM SINAL DEMAIS POSITIVO....BEIJOS

Luiz Gomez disse...

Prezada Ma Ferreira, me admira tamanha sensibilidade em seus trabalhos.
Sua arte sensibiliza! Voltarei mais vezes.


Luiz Gomes

Ma Ferreira disse...

Vino..obrigada por ser o primeiro a me comentar nesta minha estreia.
Vc ja 'e o rostinho mais bonitinho do meu blog.
Volte sempre1
bj
Ma Ferreira

Ma Ferreira disse...

Prezado Luiz..Grata pela visita. Se gostou, volte!

um abraco,

Ma Ferreira

Jacque disse...

Que lindo, MA... Lindo Blog !


Beijo

Betty Gaeta disse...

Oi Ma,
Adorei a peça, está linda. Vc sabe como fazer poema com cerâmica.
Bjkas

www.gosto-disto.com

Jasanf disse...

Ma, a peça é maravilhosa e muito bem feita. Adorei o texto e sua estreia.
Abraço,
Jasanf.

Ma Ferreira disse...

Jacque..feliz com sua visita!!
Volte!
Bj
Ma

Ma Ferreira disse...

Bethinha..eu tento! rs
Bj
Ma

Ma Ferreira disse...

Jasanf..obrigada pelo convite. Espero melhorar a cada postagem.
Obrigada pelo comentário que só me fortalece!
Bj
Ma

Roberta disse...

Oi Má..que mensagem importante é essa!
Nada melhor do que a arte em Educar..essa atitude é exemplar!
Parabéns pelas lindas peças e pelo seu trabalho!
Grande beijo
Roberta

Valéria disse...

Oi Ma!
Você é uma felizarda em bem receber em duas casas!
Sua peça é linda e seu lamento oportuno!
A natureza nos tem provado que sofre pela falta de respeito do homem!
Belo debut!
Boa sorte!
Beijão!

Ma Ferreira disse...

Oi Roberta.. obrigada por estar sempre por perto e
pelo seu comentário tão gentil.
Um beijo..
Ma

Ma Ferreira disse...

Oi Valéria..é lembrarmos que podemos cuidar mais d nosso planeta.
Obrigada pela visita.
Um beijo!
Ma

Catia Bosso disse...

EI Ma! Lindinha... lindas peças ...lindo texto...

Parabéns pela estreia! Adorei tudo! Bem vinda!

bjss

Cat

Ma Ferreira disse...

Oi Catia..Obrigada. E vamos caminhando...rs
Beijo...
MA

Jefhcardoso disse...

Ótima estréia, minha querida amiga Ma Ferreira!!! Talentosa, sensível, poética, reflexiva...
Parabéns por sua estréia nesta linda casa, Ma! Sucesso! Boas blogagens por aqui também! Abraço do amigo blogueiro, Jefhcardoso

MARILENE disse...

A natureza realmente chora e não estamos atentos a seus gritos. Mas o chamado da peça é
à emoção.

Bjs.

Ma Ferreira disse...

Oi Jefh.. com grande prazer que te recebo meu querido amigo escritor.
Você sabe a admiração e o carinho que tenho por você e pelas suas escritas.

Obrigada de coração,

bj

Ma

Ma Ferreira disse...

Marilene..minha querida poetiza. Seus comentarios sempre pertinentes.
Feliz que tenha vindo a minha "estréia".
Um beijo, com carinho..

Ma Ferreira

Meire disse...

Oi Ma :) adorei a sua visita no meu blog tbm. Obrigada pelas palavras de coração.
Menina, eu sou apaixonada por verde assim como muitas pessoas, a energia que a natureza nos traz é ímpar. O difícil é as pessoas terem a santa conciência de que ela está aos prantos :/ e isso é triste demais. Mas eu de coração, acredito que muita gente ainda tem a cuca no lugar.
Beijo gigante pra vc ;)

Ma Ferreira disse...

Meire..foi um prazer recebe-la.
Nos veremos muitas..muitas vezes.
Um beijo..e obrigada!!!

Ma

Débora Andrade disse...

Bom, desde que me falou que estarias aqui, tornei-me seguidora deste blog. É, não há jeito, agora te sigo por toda parte, rs. Admirável esta postagem, me fez lembrar de muita coisa, inclusive de um livro do Ricky Medeiros, "Pelo amor ou pela dor"; esta peça ficou realmente linda, e a postagem me fez recordar de uma que fiz que falava sobre o tema, não ficou tão boa quanto a sua, mas eu lembro que o título era autoexplicativo, "A degradação acabou extinguindo a lucidez". As pessoas não estão deixando que se vá apenas a vida, a natureza, mas os valores morais também. Infelizmente. Como fui (enquanto tinha tempo, não havia entrado na faculdade ainda) representante juvenil de uma ONG ambientalista, já me deparei com coisas absurdas, que por mais que sejamos bombardeados com inúmeras notícias, sequer imaginamos. E já me frustrei muito nesse âmbito também, visto que eu ia dar palestras e explanar sobre o tema na assembléia legislativa, na câmara dos vereadores, e por mais que aqueles homens, como políticos, pensadores, representantes da sociedade, fossem inteligentes, recusavam-se a criar um projeto de lei para efetivar a preservação, para coibir alguns comportamentos, eu ficava perplexa quando expunha, me doava, me esgotava por causas que mereciam todo apoio, e eles não se moviam, não investiam. Outras vezes, recebi até propostas de empresas que eu, juntamente com a ONG, denunciava. Eu lutava voluntariamente, sabe? E me sentia tão bem com isso, por conscientizar as pessoas em eventos, por lutar pela natureza, pelo justo, pela população ribeirinha, enfim... Então, além de não aceitar certas propostas indecorosas, lutava ainda mais contra quem as fazia. Outra vez, o dono de uma grande empresa que produz e vende um certo material muito prejudicial ao meio ambiente no Brasil inteiro, ficou bastante bravo comigo, ele disse que o que ele produzia não fazia "mal algum ao ecossistema", então eu disse que havia diversas teses e pesquisas sobre o assunto que provavam exatamente o contrário, entre outras coisas. Foi um "arranca-rabo", rs. Saudade desses tempos. Mas aquilo tudo era politicagem, haha! No fim do evento ele veio falar comigo e me convidar para trabalhar com ele, mas eu tinha que deixar a ONG. Minha resposta? "Nem morta!" Ele sorriu e tentou me convencer, então eu me expus de forma mais 'coerente', expliquei usando palavras melhores, mas a resposta no fim de tudo significava o mesmo: "Nem morta!". Algumas pessoas dizem que perdi grandes oportunidades. Mas sabe o que eu acho? Se eu trabalho para quem degrada, para quem destrói e para quem mata a nossa natureza e consequentemente a nós, estou fazendo o mesmo. E não suportaria o peso de ser tão cruel, a minha consciência não me permite.
De que nos adianta conquistar o crescimento material se não conseguirmos viver para desfrutá-lo, e se enquanto vivermos seremos martirizados ao ver a dor alheia sabendo que também somos culpados por ela? A importância de postagens como essa é inimaginável, conscientizar as pessoas, lhes abrir os olhos, incitá-las, e sobretudo com amor, arte e poesia, é algo admirável; como tudo o que fazes.

Beijos,
Dé.

Ma Ferreira disse...

D'ebora, minha querida.... Obrigada por ter colaborado com a minha postagem. Elas se auto- completam.
Bacana este seu trabalho voluntario...coincidentemenete eu fui voluntaria ate um mes atras. trabalhava com criancas com cancer. nao diretamente com elas..mas na ajuda de arrecadacao de recursos. foi uma experiencia que me fez aprender e a crescer como ser humano.
Parabens pelo seu comentario e pela visao que vc tem da vida, da natureza..
somos todos um..

Um beijo..

Ma

Lucinhashomeandgarden disse...

Ma,

Demorei, mas cheguei.

Como sempre, você mostrou um lindo trabalho, inspirado no choro da Amazônia.
Vivendo longe da Pátria Amada, posso perceber a preocupação do mundo com esse desmatamento. Acho que nós brasileiros, deveriamos estar mais atentos à esse assunto.
Lindo esse post, que nos faz refletir a importância desse tesouro que nós temos.
Parabéns! Beijos

Ma Ferreira disse...

Lucinha..O importante é que você chegou. Obrigada pela visita e pelo comentário que só faz acrescentar ao post.
Um beijo!!
Ma

Rosivar Marra Leite disse...

Belas peças e palavras!
A natureza se derrama em lágrimas, vemos isso todos os dias, pena que esse choro triste toca apenas almas sensíveis que se angustiam com tamanha devastação.
Pobre criatura o homem, pois destrói sua própria morada!
Me visite tb em: http://pensoescrevorose.blogspot.com/

Ma Ferreira disse...

Rosivar..suas palavras completam meu post!
Um beijo..
Ma

Lena disse...

Ma,
Ontem, o dia da estreia não pude vir! Mas, cheguei, acho que em tempo!
Difícil separar tanta arte, tanto talento, tanta sensibilidade, tanta verdade, tanta dignidade! O poema, o texto de alerta, tudinho adequadamente bem posicionados. A peça é incrívelmente bela e de uma amazonice evidente.
Minha flor, você estreiou com muita competência e amor! Só faltou estendermos o tapete vermelho pra você passar.
Sabe, agora estou meio desorientada: o seu e-mail lindo para mim, a homenagem no Blog da encantadora Meire, os comentários dos amigos... Obrigada, Ma. Você é tipo assim (como diz sua filha) uma pessoa ímpar, genial, criativa. Sinto o maior orgulho de te ter como amiga!
Em tempo, você tem catálogos de suas peças? Gostaria de ter acesso a algo assim e saber como adquirir uma peça de seu acervo para decorar minha casa nova.
Te amo! Fique com Deus! Levarei vc sempre junto de meu coração!!!
Bjkas com muito carinho!

Ma Ferreira disse...

Lena, suas palavras me emocionam.
Fico muito feliz em saber que toco o coração das pessoas de maneira positiva.
Cada um dos meus seguidores tocam meu coração de uma maneira.Aprendo com todos.
Já viagei com vocês a tantos lugares..ja aprendi tanto..
O ser humano só será melhor do ele é, se ressaltar-mos suas virtudes. Assim é que se cresce.
E eu tenho crescido muito, depois que conheci pessoas como vc. Gente que é gente e sente!!
Vc ve no outro qualidades que vc tem. Então tudo que vc diz a meu respeito, eu digo a respeito de ti.
Um grande beijo..de coração emocionado com suas palavras.

Sobre as peças..depois te escrevo.

Bj

Ma Ferreira

Lena disse...

Ma,
Você é sempre muito linda! Vou olhar e admirar cuidadosamente as peças pra comprar uma delas. Depois a gente viabiliza a compra e sua entrega. Bjs.

Malu disse...

Menina Ma, arrasou!!! Lindo se VIVER!!! Beijinhossssssss

Ma Ferreira disse...

Malu...obrigada por sempre estar por perto!
Bjkas

Ma

Ma Ferreira disse...

Lena..ok..
bj

Val Ribeiro disse...

Foi só você avisar e vim correndo pra cá, tinha certeza que valia a pena.
Nossa Ma, esta é uma questão que me preocupa muito, o desmatamento da Amazonia. Preocupa-me por mim, por meus filhos, pelo presente, pelo futuro, pelo mundo, por nós.
É revoltante assistir na tv os aconteciemnto nessa região e tão poucas ações. Posso tá errada mas acredito que metade dos projetos e planos pra solucionar o caso é mais uma forma de enganar a população.A fiscalização ali parece não funcionar...é tudo muito complexo.
Adoroooo essa música Planeta Azul, tem uma letra linda e um ritmo bem legal. Já trabalhei várias vezes na sala de aula e os alunos gostam. Adorei a postagem. Parabéns.

Ma Ferreira disse...

Val..obrifada por ter me prrestigiado..e o mais importante.. ter gostado da postagem.
É um alerta.
Um beijo..
Ma

Evaldo disse...

Olha, Ma (permita-me chamá-la assim). Sua arte é muito linda. E continuará assim, porque é compatível com sua bondade e lucidez. Comprometimento com o belo, com a vida, porque seu tema em proteger a Amazônia tão sublimemente e dar sentidos tão belos a sua arte trará a você muitos aliados e aliadas ligados à esfera do bem. Quisera ter a facilidade de comunicação que você tem, na sua arte de produzir com amor o que produz. E com essa simplicidade que é próprio de quem ama de verdade. Perdoe a minha franqueza. É com todo altruísmo que a declaro.
Um abraço, com todo bem querer.

Ma Ferreira disse...

Evaldo.sao pessoas do bem que quero ao meu lado.
As do outro lado so posso mandar minhas vibracoes para que adquiram lucidez.
Sao cometarios como o seu que me fazem querer fazer o melhor que posso a cada dia.
Se acrescento algo de bom..fico feliz em saber que q a minha mensagem pode de alguma maneira afzer uma diferenca a alguem.
Um beijo, com carinho..
Ma