domingo, 11 de dezembro de 2011

Meu medo...



Garota dei-me seu ultimo beijo e eu prometo, eu prometo amanha não estar mais aqui, já que essa é sua vontade, vamos resolver isso de maneira justa, eu te amo e você me ama e nada pode acabar com isso, ninguém nunca vai entender o que o sue coração diz ao meu em um silencio.

Eu só queria que você soubesse o como isso me machuca, me sufoca, corrói por dentro só em saber que eu não posso te falar tudo que eu sinto, só em saber que em silêncio esse amor é perfeito, mais... e depois que eu desabafar, falar tudo, será como imaginei? Será perfeito?

Nas noites frias, com a chuva fininha, traz com o vento molhado
lembranças de momentos que nunca aconteceram, que foram imaginado e a única coisa que posso oferecer é o morno abraço.

Eu sinto que posso melhorar tudo isso, que eu posso te trazer de mim, mais tenho medo, medo de te perder de vez, mais não quero perder mais esse momento você é muito importante pra mim, que se for pra acontecer, aconteça agora mais depois que eu dizer tudo prometa que não vá embora antes de falar o que sente por mim.

Autoria: JuniorPoltergeist.

4 comentários:

Alê disse...

...um nó na garganta, olhos lacrimejando, prenúncio de despedida...

Anne Caroline' disse...

Ahhhh texto lindo, como sempre *-*

Cidinha disse...

Olá, Lindo poema. Delicados versos tem todo o encanto dos eternos namorados. Grande abraço e ótima semana!

lenalima disse...

gostei!
bjsss