quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Se congelou


Despertei só pra ouvir
A tua alma congelada
Bater na minha porta
Desesperada
Pedindo o abrigo

Deixo a porta aberta
Seja amante ou amigo

Tatuagem


5 comentários:

Alê disse...

Achei de uma simplicidade enorme, e de uma necessidade urgente,



Bjka

Tatuagem disse...

beijo Alê!

Cidinha disse...

Adorei! Versos delicados e apaixonados. Bjos.

Ives disse...

Olá Srta, as portas estão sempre abertas, enquanto o coração aceita o amor! abraços

Tatuagem disse...

Obrigada Cidinha, beijo!

Abraço Ives!