segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Amar

Amar é vender a alma,
É não ter controle de nada,
É despir-se e despir-se


E mesmo nu na alma
Só querer amar e amar.
Porque amar é inconstância,
Amar é esquecer,
É se entregar ao silêncio
Telepático da vida.


Gabriel Castelar


http://gabrielcastelar.blogspot.com

3 comentários:

Ives disse...

Olá linda poesia sobre o amor; como sempre, as poesias são melhores, falando de amor, abraços

Sônia Amorim disse...

Amar é sem dúvida nenhuma a melhor de todas as maravilhas experimentadas no mundo, lindo, beijos e bom dia

Jasanf disse...

Lindo poema, Gabriel! Viajei... rs