sexta-feira, 11 de novembro de 2011

SAUDADE

Você me disse ao telefone:
"Acordei com saudade de você, meu amor!"
Mal sabia que a saudade em mim também doía
Essa semana quis ver você
Olhar seus olhos azuis
Tocar em seu toque
Cheirar seu cheiro
Conversar nossos papos
Acalmar minha calma
Para fazer sentido meu mundo
Quando você disse:
"Quero te ver hoje, amor!"
Respondi:
"Esse desejo
É tão meu, tão nosso
Fácil querer a mesma coisa!"
Assim somos nós
A mesma querência
A mesma necessidade
Tomaremos café juntinhos
Saboreando bolo
Cheirando pão quentinho 
Tornando minha tarde perfeita
Porque estaremos juntos
Simples assim...

4 comentários:

Anônimo disse...

LINDO! EU O IMPRIMI PARA LER OUTRAS VEZES E DIVULGAR!
OBRIGADA.
TERESINKA- PRESIDENTE IWA

Jasanf disse...

Simples e magnífico a exploração do vocàbulo saudade, beijo e entre outros momentos do eu-lírico, que se confunde com a poeta.
Beijocas,
Jasanf.

Rosivar Marra Leite disse...

Valeu, Jander!
Seus comentários são mto importantes pra mim!
Bjim

Anônimo disse...

UM SONHO SEMPRE É BOM SONHAR!
Ri