segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Cotidiano - Chico Buarque

Todo dia ela faz tudo sempre igual:
 Me sacode às seis horas da manhã,
 Me sorri um sorriso pontual
 E me beija com a boca de hortelã.


Todo dia ela diz que é pr'eu me cuidar
 E essas coisas que diz toda mulher.
 Diz que está me esperando pr'o jantar
 E me beija com a boca de café.


Todo dia eu só penso em poder parar;
 Meio-dia eu só penso em dizer não,
 Depois penso na vida pra levar
 E me calo com a boca de feijão.


Seis da tarde, como era de se esperar,
 Ela pega e me espera no portão
 Diz que está muito louca pra beijar
 E me beija com a boca de paixão.


Toda noite ela diz pr'eu não me afastar;
 Meia-noite ela jura eterno amor
 E me aperta pr'eu quase sufocar
 E me morde com a boca de pavor.




Mais uma semana se inicia, e com ela a rotina do trabalho, estudo, academia... Aparentemente, é tudo igual, mas há sempre algo de especial para colorir a nossa existência. A cor utilizada só você pode perceber e entender. Cotidiano sim, mas sempre com um toque especial!!!

5 comentários:

Bixudipé disse...

Chico Buarque... Gênio!

Abração.

Palavras disse...

Olá,

vim fazer uma visita e desejar uma ótima semana.

... que entre tantas coisas iguais que fazemos no nosso cotidiano, possamos ter um olhar diferente e assim fazer nossos dias melhores!

Beijos

Valéria disse...

Oi Aline!
É verdade o cotidiano está aí, o toque colorido está nas nossas mãos.
Adoro esta música!

Bjos!

Diário de Angélica disse...

Linda essa música.. Seu blog é maravilhoso!
Vou te visitar sempre!
Boa semana,
Angélica.

Karla Dias disse...

Cabe a cada um colorir seu dia a dia...cotdiano e não rotina.Para que o tédio não nos tome.