terça-feira, 23 de agosto de 2011

É PRECISO SILENCIAR


Precisamos cada vez mais silenciar os nossos corações. Hoje,vivemos atordoados, são tantas coisas para fazer, para resolver, para pensar, para sentir. Muitas vezes, acordamos e sequer respiramos o ar fresco da manhã,sequer agradecemos por mais um dia de vida e, sobretudo, não paramos para nos observar, para sentir nosso estado de espírito.

Este tipo de comportamento - automático, mecânico - é perigoso, muito perigoso, pois nos priva de nós mesmos, nos priva de sabermos como estamos e nos priva, principalmente, de nos escutarmos, de ouvirmos o que nossa alma tem a dizer. No recôndito do nosso ser estão as tristezas, as dores e as respostas que precisamos ouvir para nos curarmos, para vivermos em harmonia, em comunhão conosco, com os que nos cercam e com o mundo. Sem esta terapia diária, é impossível fazer uma autoanálise, fazer um check up espiritual.

O que não devemos permitir é que o barulho das lutas diárias abafe a nossa capacidade de silenciar nossos corações, de nos trancarmos no quarto escuro do nosso íntimo. Não podemos permitir que a nossa voz interior se cale e deixe de exercer o seu papel de guia. Devemos, então, abafar a dor, a tristeza e, SILENCIOSAMENTE, ouvir a linda canção que emana de nós mesmos.

PRECISAMOS VIVENCIAR MAIS O SILÊNCIO!

3 comentários:

✿ chica disse...

Linda verdade...Há que por vezes, se fazer silêncio...beijos,chica

Simone MartinS2 disse...

Boa noite, fico em silencio quando durmo, adoro falar, cantar, nao tem como, penso que quando escrevo é porque nao posso falar, então, aja tempo para escrever...bjin...entendi, só quis descontrair um pouco...Fui!

Paulo Cesar PC disse...

A correria do dia a dia está nos tirando o encanto de saborear as maravilhas que a vida nos permite. Um grande abraço.