sexta-feira, 26 de agosto de 2011

MEDO

Hoje estou com medo

Do que não posso decidir

Do que não posso assumir

Ideias controversas ensaiam

Seus passos inseguros na minha razão

Não posso apelar por uma decisão

O medo do que não posso controlar

Toma forma de um suplício

Essa noite o sono

Foi por ele impedido

Só espero que esse medo

Seja apenas indício

Desse sentimento nunca outrora sentido

E que uma atitude que tanto anseio

Acabe de uma vez

Com tanto medo...
 

3 comentários:

Simone MartinS2 disse...

Boa noite..eu ja tive muito medo, medo hoje ja nao tenho mais, pois o medo que eu sentia, era o mesmo medo que tinha de nunca poder ter paz...agora com DEUS em meu coração, sinto-me leve para expressar meus pensamentos e afastar de mim...o medo! Bjin e fique com DEUS!

Jasanf disse...

Sozinhos temos medo de tudo, mas acompanhados o coração ganha força e perde-se o medo. Lindo texto poético.

Rosivar Marra Leite disse...

Obrigada pelos comentários, amigos!
Verdade medo a gente sente sozinho, junto td fica mais fácil!