quarta-feira, 29 de junho de 2011

Bahia...a olhos supostos...




Quero fazer, aqui, uma homenagem à Bahia... peço licença a todos os Estados, esperando um dia fazer esta homenagem a todos individualmente, e de coração, como fiz para a Bahia... 
(beijos paulistanos ao povo do axé)





Ao som dos tamborins e tambores
Segue a brisa suave da tarde
Sobressaindo-se aos morros e voando em busca dos amores

A mucama sova a mandioca com alarde
Logo a criançada pede o bolo festeiro
A mulata samba no Pelourinho,

A sinhá ora na capela,
Enquanto a Baiana roda a saia no terreiro
Quanta tradição dentro de um só povo

A mestiçagem é sua característica
O acarajé escorrega no dendê
Mãe Preta chora o adeus do filho mais novo
'Vá meu filho buscar seu sonho na onda crística
O meu coração vai estar sempre com você'

Toques e passos a moçada cria ao som do berimbau
Na capoeira santa de quem é baiano de sangue
Até um faraó se reverenciaria nesse lual

Longe das brigas e mortes das gangues
Ah! Minha Mãe! Que formosura imagino!
Longe dos meus olhos foge a cor
Pois nunca pisei os pés nesse quintino
Mas o coração e a mente sentem o calor.

Um dia irei pessoalmente constatar
Que tudo que escrevi aqui
Vai além de cultura e folclore...

É galhardia, é coragem, é bem estar
De um povo que luta e sorri
Até o dia em que seu ardor, por si,se explore!

Roda a saia baiana,
Misture-se à alegria da cigana,
Até que seja treinada a gringa americana!
Bate o tambor, Senhor do Bonfim!
Logo o sol se esconde e vai
A lua se apresenta e embeleza

Os amantes se amam numa noite sem fim
É o lageado que os esconde e sai
Mas a lua, no céu, ainda embeleza!








(uma singela homenagem à Bahia- mesmo nunca tendo estado lá) 



Catia Bosso




15 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Tudo de gostoso é quando nos dão a oportunidade de prestar-mos nossa homenagem ...eu estou hj prestando uma homenagem para uma pessoa que vc não conhece,mas passa lá no meu cantinho para adoçar mesmo sem conhecer,rsrsrsrsrsrsrsrs
Bjssssssssssss

R. R. Barcellos disse...

- Bahia rima com poesia. E poesia rima com Catia Bosso. E tenho dito.
- Belo poema, Catia. Não perca a chance de ir lá. Abraços.

✿ chica disse...

A Bahia é linda e merece essa tua maravilhosa homenagem!beijos,chica

Jasanf disse...

Catia, adorei seu vocabulário empregado para abrilhantar e caracterizar a Bahia com belos e lindos predicativos. Realmente a Bahia passou a ser o eu-lírico em forma de poesia e canção. Parabéns pelo poema geográfico. Agora é só contratar o serviço da empresa áerea CVC e escolher um bom hotel para se abrigar em toques baianos.

Ingrid disse...

olá Ma..
obrigada pelo carinho no Perfumes..
já te sigo faz um tempinho neste blog, muito lindo!..vou dar uma olhada no outro também..
beijos perfumados..

Catia Bosso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Luiza disse...

A Bahia merece todas as homenagens.
Amo a Bahia, as suas tradições, sua cultura e a
alegria dos baianos.
Bjos

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
To morrendo de saudade da Bahia pois tem 5 anos que por lá não vou...
Cada detalhezinho de Devoção me é familiar... fui por 5 anos consecutivos...
Lindo o seu poema e faz alusão ao sentimento que já nutre em seu coração pelo Estado da festa no sangue...
Bjs de paz,amor fraterno e alegria.

JuniorPoltergeist disse...

Que lindo é a Bahia *-*

JuniorPoltergeist disse...

Belas palavras ao expressar de algo tão lindo.

Evaldo disse...

Bela homenagem, Catia. É como se a gente também estivesse lá, mesmo sem ter ido. Aquele povo espalhou seu coração e suas belezas naturais para dentro de nós. Imagem que você transmitiu tão bem.
Abs.

Fabio Canata disse...

Cátia minha amiga, que bela e merecida esta homenagem. estive em salvador uma única vez, mais se tratando de Bahia,será sempre inesquecível!

Linda as palavras!
Me dá até vontade de viajar de novo!

Abraços!

Tatiana disse...

Eu amo a Bahia!!! Estive lá pela primeira vez no início desse ano e , até hoje, morro de saudades. Que terra!! Que astral!!! Que povo!! Quanta arte!!!

Beijos para vc Cátia!

Anônimo disse...

Não conheço a Bahia, mas seu texto me deu vontade de conhecer!
Bjao,
Rosivar

Reflexo d'Alma disse...

Homenagem merecida.
Belo texto.
Bjins entre sonhos e delírios