sábado, 4 de junho de 2011

Que lágrima é essa no teu olhar?

Que lágrima é essa no teu olhar?
É a vontade de viver no infinito,
de levar essas pedras do rio ao mar,
de cobrar aquele beijo recusado.

Que lágrima é essa no teu olhar?
É o incansável pensamento negro,
que da vida a morte: tantos desejos
da maldita sorte, gota leviana que cai.

Que lágrima é essa no teu olhar?
É a fonte mais pura de água cristalina,
que jorra sem perdão, sem querer os braços
desse ser que chora teu choro de cura.

Que lágrima é essa no teu olhar?
É o consolo inconsolável que me deixa perdido,
náufrago nos teus olhos,
gemendo a cada gesto impensável

Que lágrima é essa no teu olhar?
É a tormenta que me cala em amor,
E que distancia de meu bem querer
Maldita seja, essa lágrima em teu olhar.



                             Gabriel Castelar

7 comentários:

Jasanf disse...

O eu-lírico sente uma gana por viver, mesmo através da dor, das lágrimas molhando a face, ele se submente às lembranças de um passado nada longínquo. Ele se supera à medida que constrói seu próprio universo execrado por desejos da alma. Belo Poema, Gabriel!

Reflexo d'Alma disse...

Sabe,
mas a svezes é a unica coisa que nos
alivia a alma. Essa lagrimas que machucam tanto quem as tem descendo face a baixo, quanto que
as vè descendo...
Lamento ,mas as lagrimas
fazem parte da vida.
Pasa no blo Espelhando , a esquerda da tela tem um selo de presente http://mude.blogspot.com/2011/06/alameda-barros.html
Bjins entre sonhos e delírios

Runa disse...

As lágrimas são o transbordar do coração...


Bom fim de semana

Runa

Roberta Maia disse...

Lagrimas lavam a alma!!!

Lindo Fim de Semana!!!
Muita Luz!!!

Ma Ferreira disse...

Chorar faz bem. As vzes choramos de alegria, as vezes de tristeza.
Ela alivia nosso coração.
Senão..ele fica tão apertado..que dói muito mais..
chorar alivia..
É bom chorar.. o que não é bom é viver chorando!!
Parabéns pelo poema.bj
Ma Ferreira.

Nina Pilar disse...

Poéticas estas tuas lagrimas, que emocionam, e nos torna donos das nossas dores, nostalgias e emoções.

beijinho

Anônimo disse...

Lágrimas são sempre lágrimas, na maior parte das vezes, tristes, raramente doces.
Chorar por um amor sentido, justifica a vida!
Bela poesia!

Rosivar